Tui

A divisa entre o Norte de Portugal (Distrito de Viana do Castelo) e a Comunidade Autônoma da da Galícia (Espanha) é marcada pelo rio Minho! É só atravessar a ponte sobre o rio e você estará em outro país!

Quando estávamos em Portugal, fomos até o extremo norte do País para conhecer a fortaleza de Valença do Minho. Mas na outra margem do rio, vimos uma cidadezinha a se elevar pela colina e não resistimos! Fomos conhece-la também! E descobrimos a pequena Tui.

1. COMO CHEGAR:

Saindo de Portugal, siga pela A-3, que mudará para A-55 após atravessar a fronteira com a Espanha. Pegue o acesso para a rodovia N-551 e depois siga pela rodovia N-550. A estrada N-550 sairá no centro histórico da cidade.

2. UM POUCO DE HISTÓRIA:

Como destacamos, a cidade de Tui fica na fronteira com Portugal. Está localizada na margem direita do rio Minho e é declarada conjunto histórico-artístico espanhol.

Desde os tempos romanos, o sítio onde atualmente se encontra a cidade é habitado. Tui foi local de estabelecimento da corte de Rekiamundo e do príncipe visigodo Witiza (Fonte: Concello de Tui).

Durante o domínio muçulmano na Península Ibérica, Tui passou para as mãos da Igreja. Ao longo das idades Média e Moderna, a cidade foi centro religioso, militar, comercial e administrativo do sul da Galícia (Fonte: Concello de Tui).

3. O QUE VIMOS:

Fizemos uma caminhada pelo centro histórico da cidade. Era domingo à tarde e final de outono. As ruas de Tui estavam bastante calmas.
Começamos nossa caminhada pelo Paseo General Mola, onde há um mirante com estátuas de três cavalos.

tui

Estátuas em Tui (Foto: Tissiana Souza)

Seguimos caminhando pela Rodovia N-550, que cruza a cidade. A rodovia é ladeada por casarios de 2 e 3 andares. Um dos lados da calçada é mais largo e com um canteiro com plantas, próprio para uma boa caminhada.
O primeiro prédio que nos chamou a atenção foi a Casa Cuartel de La Guardia Civil, que tem uma bandeira da Espanha bem acima da porta de entrada.

tui

A Casa Quartel da Guarda de Tui (Foto: Tissiana Souza).

Os casarios são bonitos e, ao mesmo tempo, percebe-se uma padronização do alinhamento em relação à calçada. Apesar de serem construções grandes e chamativas pelos seus detalhes, não apresentam cores de destaque.

tui

Casarões antigos são o charme da cidade! (Foto: Tissiana Souza).

Um edifício que se diferencia na N-550 é a Igreja de São Francisco, por ser mais alta que as outras construções do entorno. Apresenta uma torre sineira e, segundo o Concello de Tui, foi levantada entre 1.682 e 1.728. É o antigo convento franciscano de Santo Antônio, que desde 1.850 é o Seminário Menor Diocesano.

tui

Igreja de São Francisco (Foto: Tissiana Souza).

A N-550 trocará de nome, passando a se chamar Paseo de Calvo Sotelo. Quase em frente à Igreja de São Francisco está a Plaza La Immaculada, onde fica o Palácio de Justicia/Policia Local.

tui

Palácio de Justicia de Tui (Foto: Tissiana Souza).

Logo em seguida está o coreto do Passeo da Corredera. Atravesse a praça onde está o coreto e siga pela Rúa Ordóñez, depois vire à esquerda na Rúa Porta da Pia, uma das muitas ruazinhas estreitas da cidade. Acesse a Plaza Concello, onde está a sede da Prefeitura da cidade.

tui

Passeo de la Corredera, uma das praças da cidade (Foto: Tissiana Souza).

tui

Prédio da Prefeitura de Tui (Foto: Tissiana Souza).

Ao lado da Prefeitura, na Plaza de San Fernando, está a Catedral de Santa Maria de Tui, que é sem dúvidas, o principal destaque da cidade! Localizada no topo da colina, ela é visível de Valença do Minho, localizada na margem esquerda do rio Minho, em Portugal.

O Concello de Tui, em seu folheto turístico, define a Catedral como o “máximo expoente da riqueza artística da cidade”. A construção deste belíssimo edifício se iniciou no século XII (ano de 1120) e sua arquitetura remete ao estilo românico na planta, muros exteriores, pórtico norte e seus capitéis. Já sua fachada apresenta estilo Gótico.

tui

Catedral de Santa Maria, em Tui (Foto: Tissiana Souza).

Um fato curioso ligado à Catedral é que a fachada principal foi a primeira a ser construída em estilo Gótico em toda a Península Ibérica (Fonte: Concello de Tui).
É possível fazer um passeio pago pela Catedral, que inclui a visita do claustro e a vista panorâmica do rio Minho. As visitas individuais custam 4 euros e com audioguia, 6 euros.
Continuando nossa caminhada pelas ruazinhas da cidade, retornamos para a Plaza Concello, viramos à direita e descemos a Rúa Párroco Rodríguez Vázquez, onde encontramos a Capela da Misericórdia, do ano de 1.575 e do período do renascimento.
Quase ao lado da Capela da Misericórida está outra igreja, a Capela de São Telmo, que segundo o Concello de Tui, é exemplar único do estilo barroco português na Galícia. A capela foi construída no local onde São Telmo, padroeiro da cidade, faleceu no século XIII. Sua construção teve início no ano de 1.769 e o término se deu em 1.803 (Fonte: Concello de Tui).

tui

Igreja dedicada a San Telmo (Foto: Tissiana Souza).

Retornamos, então, para o início do nosso percurso, o mirante do Paseo General Mola, voltando pelo centro histórico da cidade. Ao chegar no mirante, descemos a Paseo General Mola, viramos à direita na Rúa Antero Rubín até chegarmos ao Convento de San Domingos. Viramos à esquerda na estrada de terra ao lado do Convento, e chegamos até um mirante na margem do rio Minho, de onde era possível ver a imponente catedral no topo da colina, o rio, a antiga ponte que fazia o trajeto entre os dois países, e a cidade de Valença do Minho.

tui

Fim de tarde às margens do Rio Minho. Ao fundo, a fortaleza de Valença (Foto: Tissiana Souza).

O Sol já estava se pondo e precisávamos retornar a Guimarães (Portugal). Finalizamos o nosso passeio pela cidade com uma bela visão do cair da tarde na divisa entre Espanha e Portugal.
Tui faz parte do caminho para Santiago de Compostela desde a época romana. A cidade é ponto de parada para os peregrinos que iniciam o caminho português. Quem fizer o caminho partindo de Portugal, com certeza passará pela cidade!

Para mais informações

Concello de Tui (Prefeitura):
http://www.concellotui.org/

Catedral de Santa María de Tui:
http://www.catedraldetui.com/

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: