Paraty: belezas naturais

Nós já falamos das belezas do famoso centro histórico de Paraty. Neste texto, falaremos dos encantos naturais que o município proporciona!
Como também destacamos no post anterior sobre Paraty, viajamos com os Forasteiros Viagens. No nosso pacote de viagem estava incluído o transporte, o hostel, o café da manhã, o walk tour, e o passeio de escuna que durou cerca de 5 horas.

1. CAFÉ DA MANHÃ NA PRAIA:

Ficamos hospedados em um hostel (Geko Hostel/Chill In) em frente à Praia do Pontal. O nosso café da manhã foi na praia, com o pé na areia, no quiosque que fica em frente ao hostel.

O café da manhã era simples, mas o suficiente para ficarmos bem alimentados. Pão de forma, presunto e queijo, manteiga, café, leite, chá, melancia, melão e abacaxi.

O melhor era poder tomar café e olhar o mar com os barcos coloridos! No domingo, inclusive, enquanto tomávamos nosso café, acompanhamos uma prova de natação relacionada a um evento esportivo que ocorreu na cidade!

A Praia do Pontal é a praia do centro de Paraty. É cheia de bares, com estacionamento para os carros e arborizada. Fica muito próxima ao centro histórico, a 5 minutos de caminhada da Igreja Matriz.

paraty

Praia do Pontal (Foto: Tissiana Souza).

2. CAIS DE PARATY:

O acesso ao Cais de Paraty fica ao final da Rua Fresca.

O Cais está desde o ano de 1.824 no mesmo local!

A estrutura flutuante onde os barcos e escunas ficam ancorados tem 152 m de comprimento.

3. PASSEIO DE ESCUNA:

Nossa escuna, a Bucaneros IV, saiu pontualmente às 11:00 horas do Cais de Paraty, rumo à Baía de Paraty.

A Baía de Paraty é bastante movimentada de escunas, mas o destaque são as inúmeras ilhas presentes! Em cada ilha, uma surpresa: casas, barcos, pousadas, vegetação exuberante!

paraty

Uma das inúmeras ilhas da Baía de Paraty (Foto: Tissiana Souza).

O primeiro destaque é a Ilha do Mantimento, uma ilha com muita história! Nos tempos do ciclo do ouro, as caravelas portuguesas eram carregadas na ilha com ouro vindo de Minas Gerais, que depois seguiam para o Rio de Janeiro.

paraty

Ilha do Mantimento (Foto: Tissiana Souza).

O antigo forte da ilha controlava a entrada de navios no porto de Paraty, protegia a cidade contra os ataques de invasores e o embarque do ouro.

O nome de “Ilha do Mantimento” está ligado ao fato de que ali eram guardados os alimentos (mantimentos) que abasteciam as fortalezas presentes na região de Paraty.

Seguimos navegando rumo à nossa primeira parada: a Ilha Comprida.

O barco não chega até a Ilha. É um local de mergulho, onde a água verde e limpa é propícia para ver os peixinhos!

A ilha é formada por granitos e apresenta costões rochosos. Tem cobertura vegetal de mata atlântica.

Ficamos por 40 minutos no local, e os visitantes que sabem nadar podem aproveitar esse tempo para curtir as águas cristalinas. Quem quiser, pode usar os “macarrões” do barco para boiar na água.

paraty

Ilha Comprida (Foto: Tissiana Souza).

paraty

Pessoal do barco curtindo o mar próximo à Ilha Comprida (Foto: Tissiana Souza).

Nossa segunda parada foi na Praia da Lula.

A escuna para próximo à praia. Quem quiser, pode ir nadando até a faixa de areia. Quem não sabe nadar bem ou tem algum receio, pode ir de bote.

A Praia da Lula tem cerca pouco mais de 100 metros de faixa de areia, confinada em meio à Mata Atlântica.

Não há quiosques! A praia é quase totalmente sem interferência humana, com exceção de uma residência particular.

A praia é ótima para curtir com crianças, pois não apresenta ondas.

A duração da parada na Praia da Lula foi de cerca de 30 a 40 minutos.

paraty

Praia da Lula (Foto: Tissiana Souza).

paraty

Praia da Lula (Foto: Tissiana Souza).

paraty

Praia da Lula (Foto: Tissiana Souza).

Em seguida, a escuna parou na Lagoa Azul, que na verdade não é uma lagoa, mas uma parte de mar aberto com águas de cor azul-esverdeadas.

Almoçamos no barco, pois eles apresentam serviço com porções, bebidas e pratos executivos. O Matheus escolheu filé de peixe ao molho de camarão e eu escolhi estrogonofe de frango. O prato é bem servido e estava muito bom! Vem acompanhado de arroz, salada e batata.

Quem não escolheu almoçar no barco, pode aproveitar a parada para mergulhar as belas águas da Lagoa Azul.

Nossa última parada foi a Praia Vermelha!

Mais uma vez, ficamos cerca de 30 a 40 minutos no local.

Também é uma praia de areias limpas e águas cristalinas, sem ondas, mas é um pouco mais extensa que a Praia da Lula.

Da Praia Vermelha seguimos de volta para o Cais de Paraty, onde nosso passeio foi finalizado.

paraty

Volta para Paraty, com a cidade ao fundo! (Foto: Tissiana Souza).

O passeio de escuna, além do almoço (pago à parte), também contou com música ao vivo! A união entre a bela paisagem da Baía de Paraty com música boa tornou o passeio ainda mais agradável!

Endereço

Centro de Atendimento ao Turista

Avenida Roberto da Silveira, Centro, em frente à Praça do Chafariz. Paraty - RJ 

Para mais informações

Prefeitura Municipal de Paraty:
http://www.pmparaty.rj.gov.br/

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: