O’Connell Street

Quem vai ao centro da cidade de Dublin certamente passará pela região da O’Connell Street!
A rua O’Connell não é a maior em extensão, pois tem cerca de 600m de ponta a ponta, porém é a mais importante da cidade!

rio liffey

O Rio Liffey, na região da O'Connell Street (Foto: Tissiana Souza).

1.COMO CHEGAR:

-LUAS:  Estação Abbey Street, Linha vermelha.
-Dublin Bus: muitas linhas de ônibus passam pelo City Centre. Para saber mais sobre as linhas que se dirigem ao centro da cidade, a melhor dica é acessar o site Dublin Bus ou então perguntar no hotel onde você está hospedado.

2. A REGIÃO DA O'CONNELL STREET: 

O edifício de maior destaque da O'Connell está localizado aproximadamente em seu centro. É o General Post Office – G.P.O. (Agência dos Correios), um prédio com 200 anos de história e também um dos locais mais respeitáveis da Irlanda, já que foi sede dos rebeldes no ano de 1916, durante o movimento de Proclamação de Independência da República (Fonte: Fáilte Ireland, Dublin Pocket Guide).
O G.P.O. foi um centro importante para as comunicações na Irlanda, pois além dos serviços de correio, também apresentava serviços de telefone, telégrafos e financeiros. Foi pela sua importância que acabou escolhido como sede do levante de Páscoa de 1916 (Fonte: General Post Office).

General Post Office

O General Post Office (G.P.O.), no centro da O'Connell Street (Foto: Tissiana Souza).


Após ficar destruído pelo ataque britânico durante a Independência da República da Irlanda, o prédio foi ampliado e reconstruído. Um dos orgulhos do país é o fato de o G.P.O. continuar a exercer a mesma função desde a sua inauguração (Fonte: General Post Office).
A bandeira irlandesa só foi considerada a bandeira nacional depois ser hasteada no topo do G.P.O. após o levante de Páscoa de 1916. A cor verde, ao lado do mastro, representa a tradição gaélica, composta por católicos romanos. A cor laranja representa os protestantes. Já a cor branca, no centro, seria a paz entre os dois povos (Fonte: Living in Ireland). Um fato que assistimos na O’Connell Street, em frente ao G. P. O., foi o hasteamento da bandeira irlandesa por militares ao meio-dia de um domingo. Não conseguimos encontrar informações se este evento ocorre todos os dias ou somente aos finais de semana.

bandeira da irlanda

Bandeira da Irlanda, hasteada no topo do General Post Office (Foto: Tissiana Souza).


Na sua visita pela O’Connell Street, aproveite para conhecer o prédio dos correios. O edifício é bonito tanto por dentro como por fora. No interior, os grandes balcões de madeira se destacam. Você ainda pode aproveitar e enviar um cartão postal diretamente de Dublin!
Outro grande atrativo da rua é o The Spire, um monumento de 120m de altura no formato de uma agulha (Fonte: Lonely Planet – Descubra a Europa, 2014), que apresenta 3m de diâmetro na base e cerca de 15cm de diâmetro no topo (Fonte: Fáilte Ireland, Dublin Pocket Guide). Seu nome verdadeiro é Monument of Light (Monumento da Luz). Foi construído em 2003, no local ocupado até 1966 pelo Pilar de Nelson, destruído pelo IRA (Irish Republic Army) (Fonte: Lonely Planet – Descubra a Europa, 2014). À medida em que o Spire se afunila, é como se ele alcançasse e se misturasse ao céu!

the spire

The Spire, o monumento de destaque no centro da O'Connell Street (Foto: Tissiana Souza).


Há uma série de monumentos no canteiro central da O’Connell Street, que são dedicados a figuras irlandesas importantes. Uma delas homenageia o líder nacionalista Daniel O’Connell, conhecido como “Libertador”.

daniel o'connell

Monumento dedicado a Daniel O'Connell (Foto: Tissiana Souza).


A rua caracteriza-se como um centro de lojas, restaurantes, pubs, e com centro de informação turística. O entorno da O’Connell Street é bastante comercial, com lojas que variam dos mais baixos aos mais altos padrões, e também com a presença de shopping centers.

o'connell street

Visão geral da O'Connell Street (Foto: Tissiana Souza).


Caminhando em direção ao rio Liffey, você chegará à O’Connell Bridge. A ponte apresenta 3 arcos, uma guarda de arenito e lâmpadas em estilo parisiense. É datada de 1880 (Fonte: Bridges of Dublin).
O rio Liffey banha a cidade de Dublin e deságua no Mar da Irlanda. Foi em suas águas que os vikings navegaram no ano de 837 para montar acampamento e dominar o local (Fonte: Fáilte Ireland, Dublin Pocket Guide).

rio liffey

O Rio Liffey, o principal rio de Dublin (Foto: Tissiana Souza).


Olhando para o lado direito da O’Connell Bridge (se você tiver caminhado em sentido ao rio) estará a Ha’Penny Bridge. Esta é a ponte de pedestres mais antiga da cidade de Dublin sobre o rio Liffey! Seu nome original era Wellington Bridge, porém, ficou mais conhecida pelo seu apelido, pois todos que passavam pela ponte precisavam pagar um pedágio (Fonte: Fáilte Ireland, Dublin Pocket Guide).

Ha’Penny Bridge

A Ha’Penny Bridge: você certamente vai cruzar esta ponte! (Foto: Tissiana Souza).


Atravessando a Ha’Penny Bridge, aproveite para passar pelo Merchant’s Arch (Arco dos Comerciantes). A estreita ruazinha está sempre cheia de pedestres! Preste atenção no chão da rua, com blocos de pedras talhadas que mostram os antigos estabelecimentos que ficavam no local. Você chegará na região do Temple Bar ( o Temple Bar terá uma postagem exclusiva!).
Se você caminhar em direção ao lado oposto do rio Liffey, chegando ao final da O’Connell Street Upper, você verá o Gate Theatre. O teatro começou suas atividades em 1786, integrando o Rotunda Hospital . Já a Companhia Gate Theatre foi fundada em 1928 (Fonte: Fáilte Ireland, Dublin Pocket Guide).
Caminhe em direção à Abbey Presbyterian Church (fechada para restauração) e pare para observar o Garden of Remembrance (Jardim da Lembrança). Com uma espelho d’água no formato de uma cruz, o jardim é dedicado aos que lutaram pela liberdade da Irlanda. O local foi criado com a intenção de despertar a lembrança e a reflexão (Fonte: Fáilte Ireland, Dublin Pocket Guide).
Em frente ao Gardem of Remembrance estão localizados a Dublin City Gallery e o Museu Dublin Writers.
Aguarde as nossas próximas postagens! Dublin ainda tem muitas atrações para serem desvendadas!

Para mais informações

Dublin Bus:
https://www.dublinbus.ie/

LUAS:
https://www.luas.ie/

Conheça as atrações de Dublin:
http://www.visitdublin.com/home/

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: