Oceanário de Aracaju

O Projeto TAMAR tem 35 anos de existência e é bastante conhecido pela excelência na busca pela conservação das cinco espécies de tartarugas marinhas que ocorrem no Brasil.
Estas espécies são: Tartaruga-cabeçuda, Tartaruga-de-pente, Tartaruga-oliva, Tartaruga-de-couro, Tartaruga-verde.
São 9 centros de visitantes espalhados pelo litoral brasileiro: Praia do Forte e Arembepe, na Bahia; Guriri, Regência e Vitória, no Espírito Santo; Fernando de Noronha, em Pernambuco; Ubatuba, em São Paulo; Florianópolis, em Santa Catarina; e o Oceanário de Aracaju, em Sergipe.
Durante nossa passagem por Aracaju, visitamos o Oceanário. Pela primeira vez nós conhecemos um centro de visitantes do Projeto TAMAR! Os centros funcionam como núcleos de sensibilização e de educação ambiental, além de serem locais ótimos para passeios em família e com crianças. 
O Oceanário de Aracaju está localizado na Orla da Praia de Atalaia, próximo aos lagos. Foi inaugurado em junho de 2002 e recebe cerca de 120 mil visitantes por ano. É o primeiro Oceanário do Nordeste, e o quinto do Brasil. Visto de cima, tem o formato de uma tartaruga.
Ao adentrar, você verá as réplicas das 5 espécies de tartarugas marinhas presentes no Brasil e algumas informações básicas sobre elas. Há também uma área que reproduz como seus ninhos ficam demarcados pelo Projeto TAMAR nas praias.

 

Réplicas das tartarugas marinhas encontradas no Brasil (Foto: Tissiana Souza).

 

Representação de demarcações de ninhos de tartarugas (Foto: Tissiana Souza).


No ciclo de vida, é espantoso o fato de que de cada 1000 tartarugas que nascem, somente 1 chegará à vida adulta! Por isto, sua preservação é fundamental!
Nas áreas dos tanques, o primeiro deles é habitado por tubarões-lixa. Adultos e crianças ficam curiosos com os animais!

 

Tubarão-lixa no Oceanário de Aracaju (Foto: Tissiana Souza).


Em seguida, temos o tanque das tartarugas marinhas! Os visitantes esperam que elas subam na superfície da água para respirarem e assim poder observa-las melhor! Elas nadam tranquilamente! Há uma passagem ao lado do tanque, em que o vidro possibilita ver as tartarugas embaixo d’água. Por sorte, uma delas estava em frente ao vidro.

 

Tartaruga marinha no tanque o Oceanário de Aracaju (Foto: Tissiana Souza).

 

Tartaruga submersa no tanque (Foto: Tissiana Souza).


Algumas crianças podem sentir medo dos animais, como presenciamos por lá. 
Além dos tanques, o Oceanário contém 18 aquários, sendo 5 de água doce e 13 de água salgada.

 

Área de aquários do Oceanário (Foto: Tissiana Souza).


O principal deles, o grande aquário oceânico, tem capacidade para 150 mil litros de água. Apresenta uma réplica de uma parte submersa de uma plataforma de petróleo, mostrando como é a interação entre o ambiente natural com as estruturas inseridas pelo homem ao longo do litoral. As plataformas podem ser vistas da Praia de Atalaia, estando portanto bem próximas do litoral.
Aproveite ainda para tirar uma foto no belo painel que representa o fundo do mar!

 

Painel que representa o fundo do mar! É fofo, não é?! (Foto: Matheus Sabino)


A saída é feita pela loja, onde são vendidos diversos tipos de produtos ligados ao projeto. O dinheiro da venda dos produtos é revertida 100% para a conservação das tartarugas marinhas e para a geração de trabalho nas comunidades litorâneas com bases de pesquisa do TAMAR.

Endereço

Avenida Santos Dumont, 1010, Atalaia, Aracaju - SE.

Telefone: (79) 3214-3243/3214-6126.

Horário

Todos os dias, das 9:00 às 21:00 horas.

Preços para o ano de 2016

Adultos: R$16,00

Meia entrada: R$8,00 (estudantes com carteira, crianças acima de 1 metro e idosos acima de 60 anos)

Portadores de necessidades especiais e crianças até 1 metro: Gratuito

Para mais informações

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: