O sensacional Castelo dos Mouros de Sintra

Quando cheguei ao centro histórico de Sintra, uma das primeiras coisas que observei, junto com meu pai, foi aquele conjunto de muralhas no topo de um dos morros da Serra de Sintra! Era o Castelo dos Mouros! Só pensei comigo mesma: “Quero chegar até lá”! E cheguei! E foi um passeio sensacional!

1. COMO CHEGAR A SINTRA A PARTIR DE LISBOA UTILIZANDO O COMBOIO (TREM):

A Linha de Sintra faz parte da Zona de Percurso dos Comboios Urbanos de Lisboa.
Para usar o serviço, é necessário adquirir o cartão dos Comboios Urbanos em um guichê ou nas máquinas de autoatendimento.
Este cartão será a sua passagem e sempre que você utilizar os comboios urbanos na região de Lisboa vai utiliza-lo. Portanto, não jogue fora seu cartão, que é de uso individual!
Você vai carregar o cartão na máquina de autoatendimento (ou no guichê com o atendente) com o percurso que você vai fazer, podendo também comprar a passagem de volta.
Ao chegar na plataforma e antes de embarcar no trem, valide seu cartão nas máquinas - é só encostar o cartão no leitor e esperar aparecer a mensagem de validação. A não-validação está sujeita a multas (coimas) e é 99% de certeza que haverá um fiscal dentro do trem conferindo se seu cartão foi validado antes do embarque.
Para nossa visita a Sintra, partimos da estação Sete Rios, em Lisboa, e a estação de destino final foi Sintra (última estação da Linha de Sintra).
Os preços das passagens atualizados (ano de 2017) para os Comboios Urbanos variam entre 2,20 a 3,60€, conforme a estação de comboio que você escolha em Lisboa (Oriente, Rossio, Entrecampos, Sete Rios, Santa Apolônia ou Cais do Sodré). O tempo de viagem também pode variar entre 35 minutos e 1 hora e 15 minutos, a depender da estação e do horário do trem. Para consultar os horários, acesse o site dos Comboios de Portugal.

2. COMO CHEGAR AO CASTELO DOS MOUROS:

Próximo ao Palácio Nacional de Sintra, no centro histórico da cidade, pegamos o Autocarro (Ônibus) Turístico 434 - Scotturb, que tem valor da passagem de 5,50€ (ida e volta – valor para 2017). Você pode pegar este ônibus também na Estação de comboio de Sintra.
O 434 para em frente à entrada do Castelo dos Mouros.
Para mais informações sobre a linha 434, acesse o link a seguir:
http://www.scotturb.com/carreiras/tarifarios/turisticos

3. UM PEQUENO HISTÓRICO SOBRE O CASTELO DOS MOUROS:

Conforme o site dos Parques de Sintra – Monte da Lua, responsável pela administração do local, o Castelo dos Mouros é uma fortificação de aspecto irregular, que começou a ser construída no início do século X, após a conquista da Península Ibérica pelos mouros. A fortificação foi ampliada após a reconquista cristã.

Vejamos uma pequena linha do tempo sobre o Castelo dos Mouros, presente no guia de visitação:
-Séc. VIII – Muçulmanos conquistam a região;
-Séc. IX e X – fase mais antiga de construção do Castelo dos Mouros;
-1093 – D. Afonso VI (Rei de Leão) reconquista Sintra e o Castelo dos Mouros;
-1147 – depois de ser novamente retomado pelos mouros, o Castelo foi voluntariamente entregue ao rei D. Afonso Henriques (1º rei de Portugal) no ano de 1147;
-Séc. XV – judeus segregados do restante da comunidade de Sintra habitavam o Castelo dos Mouros por ordem do rei;
-1839 – D. Fernando II autoriza a restauração completa do Castelo dos Mouros;
-1995- a Serra de Sintra torna-se Paisagem Cultural/Patrimônio da Humanidade da UNESCO.

4. CONHECENDO O CASTELO DOS MOUROS:

O percurso pelo Castelo dos Mouros se inicia passando por uma trilha totalmente arborizada, com cerca de 650m. Aos poucos, a fortaleza vai se revelando no topo da Serra de Sintra!

 

castelo dos mouros

Trilha para o Castelo dos Mouros (Foto: Tissiana Souza).

Há diversos pontos no Castelo dos Mouros que podemos destacar:

-Igreja de São Pedro de Canaferrim: segundo o folder de visitação, foi a primeira igreja paroquial de Sintra. Foi construída durante o século XII, após a reconquista pelo rei D. Afonso Henriques. A igreja manteve sua função até o século XIV.
Atualmente é um Centro Interpretativo, onde estão expostos objetos obtidos durante escavações arqueológicas na área do Castelo.

 

Igreja de São Pedro de Canaferrim (Foto: Tissiana Souza).

 

-Antigas Cavalariças: no período dos Mouros, foi uma área de silos islâmicos. Durante os períodos medieval e moderno, foi uma antiga cavalariça. Posteriormente, teria sido uma área para criação e guarda de animais domésticos (Fonte: Folder de Visitação/Parques de Sintra – Monte da Lua).
Atualmente é um Centro de Apoio ao Visitante, com loja, cafeteria e sanitários.

 

castelo dos mouros

Antigas cavalariças, atualmente o centro de apoio aos visitantes (Foto: Tissiana Souza).

 

-Praça de Armas: área mais ampla do castelo, onde se concentravam os militares. Hoje é ocupada por árvores e um espaço livre para os visitantes.

-Porta da Traição: acredita-se que era uma passagem secreta para sair da fortaleza. Também permitia o acesso de inimigos ao interior do Castelo, por isso o nome “da traição” (Fonte: Folder de Visitação/Parques de Sintra – Monte da Lua).

-Vistas panorâmicas: certamente, uma das vistas mais bonitas que pude apreciar em Portugal é a vista panorâmica proporcionada pelo Castelo dos Mouros, de cima de suas muralhas! Além de visualizar Sintra, com destaque para o Palácio Nacional de Sintra e suas chaminés, é possível ver outros pontos da simpática cidade, como o Palácio de Monserrate, o Palácio de Seteais, a Quinta da Regaleira, a Quinta do Relógio. Se o dia estiver limpo, é possível ver o litoral, Azenhas do Mar e Mafra.
A visão mais incrível das muralhas que formam o Castelo dos Mouros é a partir da Alcáçova, lugar onde em tempos muçulmanos vivia o Alcaide (o governador da fortificação). Do mirante da Alcáçova se avista também o colorido Palácio Nacional da Pena, encravado em um dos topos mais altos da Serra de Sintra.

 

castelo dos mouros

O Palácio Nacional da Pena, visto do Castelo dos Mouros (Foto: Tissiana Souza).

 

castelo dos mouros

Fala sério, como não ficar apaixonado por esta vista?! À direita da foto, destaque para o Palácio Nacional de Sintra (Foto: Tissiana Souza).

-Bandeiras: repare que nas diversas torres de observação do Castelo dos Mouros existem bandeiras verdes e vermelhas. Elas exibem a palavra “Sintra” em caracteres árabes, que remetem à origem muçulmana do castelo.

 

Bandeiras tremulam no Castelo dos Mouros (Foto: Tissiana Souza).

 

Dica: se você quiser conhecer vários monumentos pertencentes aos Parques de Sintra – Monte da Lua em um mesmo dia, minha dica é comprar um ingresso combinado. Quando fui com meu pai, optamos por conhecer 3 atrações em um dia: o Palácio Nacional de Sintra, o Castelo dos Mouros e o Palácio Nacional da Pena.

 

castelo dos mouros

Eu, curtindo um dia maravilhoso no Castelo dos Mouros (Foto: Nevaldo Souza).

 

Endereço

Estrada da Pena,
Código Postal: 2710-609, Sintra, Portugal.

Preços para o ano de 2017

Adultos (18 a 64 anos): 6,50 €
Jovens (de 6 a 17 anos): 5,00 €
Sênior (+ de 65 anos): 5,00 €

Horário

Todos os dias, exceto 25 de dezembro e 1º de janeiro.

Até 25 de março de 2017 - das 10:00 às 18:00 horas, última admissão às 17:00 horas.

Para mais informações

Horários, preços, compra de bilhetes, acesse o site dos Parques de Sintra:
http://www.parquesdesintra.pt/parques-jardins-e-monumentos/

Horários e  linhas de trens Lisboa-Sintra/Sintra-Lisboa, acesse o site dos Comboios de Portugal:
http://www.cp.pt/passageiros/pt/

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: