Lisboa dos descobrimentos: a região de Belém

Belém é uma região histórica de Lisboa, muito ligada à época das navegações.

No século XVI, D. Manuel I mandou construir dois monumentos próximos ao rio Tejo: o Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém, atualmente considerados Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO.

1. COMO CHEGAR: 

Belém é afastada do centro de Lisboa. Por isto, usar os meios de transporte público para chegar à região é a melhor opção.

-Elétrico: 15E Linha Praça da Figueira - Algés (Jardim), sentido Algés (Jardim). Você pode pegar este elétrico na Praça do Comércio. Optamos por ir até a Estação de Metrô Cais do Sodré (Linha Verde) e lá pegar o 15E. Ao chegar em Belém, você pode descer nos pontos: Belém (em frente ao Jardim Afonso de Albuquerque), Belém-Jerónimos (ao lado do Mosteiro dos Jerónimos) ou Pedrouços (próximo à Torre de Belém).

-Autocarros (Ônibus): Linhas 714, 727, 728, 729 e 751. Também já fomos de ônibus pela linha 727. É sempre bom perguntar na recepção de seu hotel quais são as melhores opções para ir a Belém a partir do endereço onde você está hospedado.

-Comboio (Trem): Estação de Belém.

-Barco: Estação Fluvial de Belém.

2. A REGIÃO DE BELÉM:

Se você optar por caminhar entre os monumentos, saiba que  é bem provável que o passeio ocupe quase todo o dia.Na primavera e no verão as temperaturas são relativamente altas. Use roupas leves, passe protetor solar para se proteger dos raios solares e se hidrate bem. No outono as temperaturas são mais amenas, mas o Sol também é forte. 

Caso você desça na estação de ônibus/elétrico “Belém”, aproveite para conhecer ao Jardim da Praça Afonso de Albuquerque, onde no centro você encontrará a estátua em homenagem ao segundo governador da Índia. Em frente à praça está o Palácio de Belém, residência oficial do Presidente da República.Continue sua caminhada pelo Jardim Vasco da Gama (ou Jardim de Belém). A famosíssima e aclamada confeitaria dos Pastéis de Belém fica em frente a este Jardim.

belém

Jardim Afonso de Albuquerque (Foto: Tissiana Souza).

Você chegará então ao Jardim da Praça do Império e ao Mosteiro dos Jerónimos. Esta praça se diferencia pela presença de uma fonte contornada por um gramado com 32 brasões das antigas províncias de Portugal e por dois espelhos d’água com estátuas de cavalos com caudas de animais marinhos. Todas estes jardins são bonitos e merecem uma visita, especialmente este último.

-Mosteiro dos Jerónimos:

Seu nome verdadeiro é Real Mosteiro de Santa Maria de Belém. O nome popular foi herdado pela Ordem dos Jerónimos, formada por monges que habitavam o local. Foi construído entre 1502 e 1601, e resistiu ao tsunami que atingiu Lisboa no ano de 1755. É considerado uma joia da arquitetura manuelina do século XVI, um dos 10 monumentos mais bonitos de Lisboa pela Vortex Magazine e uma das 21 maravilhas de Portugal. Para nós, é um dos lugares mais bonitos de Lisboa.

Na visita, você conhecerá a belíssima Igreja Santa Maria de Belém, onde estão as sepulturas de Luís de Camões e Vasco da Gama, e o interior do Mosteiro (claustro, refeitório, confessionários). O poeta Fernando Pessoa está sepultado no claustro, em um dos corredores do térreo.

O Mosteiro dos Jerónimos, ao fundo, e a Praça em primeiro plano (Foto: Tissiana Souza).

belém

Claustro do Mosteiro dos Jerónimos (Foto: Tissiana Souza).

Para chegar ao Padrão dos Descobrimentos e à Torre de Belém, utilize a passagem subterrânea na Praça do Império, próximo com a Avenida da Índia e com o Centro Cultural Belém. Há uma linha de trem entre as Avenidas da Índia e Brasília, o que não permite atravessa-las em qualquer ponto. Você pode usar as passarelas para pedestres, uma localizada próxima do Jardim da Praça Afonso de Albuquerque e da Estação de Comboio Belém, e outra no Jardim da Torre de Belém, já próximo à Torre de Belém. Se optar pelas passarelas, você andará mais.

-Padrão dos Descobrimentos:

Construído em 1940 e reconstruído em 1960, também é considerado pela Vortex Magazine um dos 10 monumentos mais bonitos de Lisboa. Foi erguido em homenagem à expansão ultramarina portuguesa, representada pelas esculturas localizadas nas faces direita e esquerda. Não deixe de subir no mirante (miradouro), com 56m de altura, para ter uma bela vista de parte da cidade, do Mosteiro dos Jerónimos, do rio Tejo e seu deságue no Oceano Atlântico, da Ponte 25 de Abril e da Torre de Belém. Você observará também a grande rosa-dos-ventos no terreiro de acesso ao Padrão dos Descobrimentos. No piso -1 estão localizados os sanitários e há sempre uma exposição temporária acontecendo.

belém

Padrão dos Descobrimentos (Foto: Tissiana Souza).

belém

Mirante do Padrão dos Descobrimentos (Foto: Tissiana Souza).

Entre o Padrão dos Descobrimentos e a Torre de Belém a distância a pé é de um pouco mais de 1 km. Aproveite para apreciar belos barcos e lanchas atracados na marina.

-Torre de Belém:

Construída entre 1514 e 1520, com 500 anos de história, é outra joia da arquitetura manuelina que também resistiu ao tsunami de 1755. É considerada uma das 21 maravilhas de Portugal e um dos 10 monumentos mais bonitos de Lisboa (Vortex Magazine). Era uma fortificação de proteção da capital e um monumento às glorias marítimas e militares de Portugal.

No interior, respeite a sinalização para subir e descer as escadas em caracol, pois são muito apertadas e impedem a mobilidade de um grande número de pessoas ao mesmo tempo.

torre de belém

A Torre de Belém, vista do Jardim Vasco da Gama (Foto: Tissiana Souza).

belém

Torre de Belém (Foto: Tissiana Souza).

Outras atrações de Belém: Museu Nacional dos Coches, Centro Cultural de Belém, Museu da Marinha, Jardim Botânico Tropical, Museu Nacional de Arqueologia, Museu da Eletricidade

Dica: todo primeiro domingo do mês, o Mosteiro dos Jerónimos e a Torre de Belém têm entrada gratuita.

Em dias de visitação gratuita a região fica com um grande volume de pessoas, e dizemos isto por experiência própria! No nosso caso, sentimos que nossa visita à Torre de Belém foi prejudicada pela grande quantidade de pessoas no interior do monumento. No Mosteiro dos Jerónimos não foi problemático, pois o espaço físico disponível é bem maior.

Vai visitar os 2 monumentos em outros dias da semana? Opte pelos ingressos combinados. Nós também já fizemos isto e a visita foi bem mais tranquila!

3. DICA GASTRONÔMICA - PASTEIS DE BELÉM:

Se você vai conhecer a região, é parada obrigatória ir à Confeitaria "Pastéis de Belém", de 1837, e experimentar a legítima receita, que é a mesma desde o início da fabricação destes docinhos saborosos pelos monges do Mosteiro dos Jerónimos.
No balcão haverá fila para a compra dos pasteis para viagem, mas se você quiser descansar, aproveite para comer um bolinho de bacalhau e os pasteis na própria confeitaria.

A Confeitaria "Pasteis de Belém", onde são vendidos os legítimos pastéis de Belém (Foto: Tissiana Souza).

Os legítimos, quentinhos e saborosos pastéis de belém (Foto: Tissiana Souza).

Os pasteis estão sempre recém-saídos do forno! Só de pensar nos docinhos quentinhos já dá água na boca!!!

 

Informações gerais para o ano de 2015

Mosteiro dos Jerónimos
Endereço: Praça do Império, s.n.
Horários: De terça-feira a domingo. De Outubro a Abril das 10:00 às 17:30 horas; de Maio a Setembro das 10:00 às 18:30 horas.
Preço (Bilhete Individual): 10,00€

Padrão dos Descobrimentos
Endereço: Av. Brasília, s.n.
Horários: todos os dias. De Março a Setembro das 10:00 às 19:00 horas; de Outubro a Fevereiro das 10:00 às 18:00 horas.
Preço (Bilhete Simples): 4,00€

Torre de Belém
Endereço: Av. Brasília, s.n.
Horários: De terça-feira a domingo. De Outubro a Abril das 10:00 às 17:30 horas; de Maio a Setembro das 10:00 às 18:30 horas.
Preço (Bilhete Individual): 6,00€

Pasteis de Belém
Endereço: Rua de Belém, nº84 ao 92.
Horários: Aberto todos os dias. De 1 de Outubro a 30 de Junho, das 08:00 às 23:00 horas. De 1 de Julho a 30 de Setembro, das 08:00 às 24:00 horas.

Para mais informações

Mapa do Metrô de Lisboa:
http://metro.transporteslisboa.pt

Itinerários de autocarros (ônibus) e elétricos:
http://carris.transporteslisboa.pt/

Mosteiro dos Jerónimos:
http://www.mosteirojeronimos.pt/

Padrão dos Descobrimentos:
http://www.padraodosdescobrimentos.pt/

Torre de Belém:
http://www.torrebelem.pt/

Pasteis de Belém:
http://www.pasteisdebelem.pt

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: