Viana do Castelo: Forte de São Tiago da Barra

O Forte ou Castelo de São Tiago da Barra (também conhecido como Forte de Santiago ou Castelo de Santiago) é atualmente a Escola de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo.
Situada na foz do rio Lima, acredita-se que no reinado de D. Afonso III já existiria uma primeira fortificação no local, porém os resquícios evidentes de uma construção protetora seria do Século XVI, concluída provavelmente no reinado de D. Manuel I (Fonte: Guia da Cidade – Descobrir Viana do Castelo). 

 

forte de são tiago da barra

O Forte de São Tiago da Barra, em Viana do Castelo (Foto: Tissiana Souza).

Ao final do Século XVI, o Forte de São Tiago passou por melhorias. A planta poligonal atualmente visível é do Século XVII, e foi projetada por um famoso arquiteto de estruturas militares, chamado Filippo de Terzi (Fonte: Guia da Cidade – Descobrir Viana do Castelo).
Esta fortificação, junto com os fortes de Caminha, Valença e Monção formava o conjunto principal de fortes protetores da região noroeste de Portugal. Havia ainda outras pequenas fortificações, que complementavam a defesa territorial (Fonte: Sistema de Informação sobre o Património Arquitectónico).

1. COMO CHEGAR:

O Forte de São Tiago fica a cerca de 800m da Av. dos Combatentes da Grande Guerra. Vire à direita na Rua Alves Cerqueira, faça uma curva suave à direita ao final da rua para acessar a Av. Campo do Castelo. Pegue o caminho à esquerda nas placas que indicam “Castelo de Santiago da Barra”, “Escola de Hotelaria e Turismo”, “Turismo do Porto e Norte de Portugal”.

2. VISITANDO O FORTE DE SÃO TIAGO:

A fortaleza, segundo o Sistema de Informação sobre o Patrimônio Arquitetônico de Portugal, possui apenas uma entrada. É verdade! Não me lembro de ter visto outra maneira de entrar ou sair do forte! A entrada (ou saída, como queira!) é um arco e sobre ele, 3 brasões. 

 

forte de são tiago da barra

A única entrada do Forte de São Tiago da Barra (Foto: Nevaldo Souza).

No interior da fortaleza há dois antigos quartéis e uma pequena capela, dedicada a São Tiago.
O Quartel da Cavalaria contém 3 arcos na fachada. O outro edifício é chamado Quartel da Torre do Relógio (Fonte: Sistema de Informação sobre o Património Arquitectónico).

 

forte de são tiago da barra

Quartel da Cavalaria (Foto: Tissiana Souza).

 

O Quartel da Torre do Relógio (Foto: Tissiana Souza).

 

Capela dedicada a São Tiago (Foto: Tissiana Souza).

O acesso às partes superiores do forte é feito por rampas. Suba para caminhar por toda a fortaleza e descobrir como é o sistema de proteção!

 

O interior da fortaleza (Foto: Tissiana Souza).

Ainda resta algumas partes da Fortaleza do século XVI. É a chamada Torre da Roqueta! Acredita-se que a Roqueta possuía um prolongamento até o rio Lima, que foi destruído durante obras de melhorias do Forte de São Tiago (Fonte: Património Cultural de Portugal).
A Torre da Roqueta também é considerada um exemplar de arquitetura militar dos anos de 1500, pois é mais antiga que a Torre de Belém, situada em Lisboa. A Roqueta é avaliada como um protótipo para a construção da Torre de Belém, daí sua importância arquitetônica e histórica (Fonte: Património Cultural de Portugal).
Para os que gostam de visitar fortificações, esta é bem interessante! Ao subir para as partes mais altas, você terá uma visão 360º dos arredores. 

Eu, tomando um solzinho no outono português na fortaleza (Foto: Nevaldo Souza).

 

O ideal é caminhar e observar as torres, as diversas partes da fortificação (parece uma sobreposição de muralhas), o Farol, e não deixar de curtir da vista, que engloba a cidade, a zona portuária, a foz do rio Lima e o Monte de Santa Luzia.

 

Farol, situado no interior do Forte de São Tiago da Barra (Foto: Tissiana Souza).

 

Foz do rio Lima e molhes do Porto de Viana do Castelo (Foto: Tissiana Souza).

 

 

Preço para o ano de 2017

Gratuito

Horário

Não encontramos as informações sobre os horários de funcionamento.

Para mais informações

Câmara Municipal de Viana do Castelo - Conhecer Viana:
http://www.cm-viana-castelo.pt/

Visit Portugal:
https://www.visitportugal.com/

Vale do Lima:
http://www.valedolima.com/

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: