Monte Verde: Trilha do Chapéu do Bispo

A trilha do Chapéu do Bispo leva os visitantes ao 3º ponto mais elevado de Monte Verde, a 2.030 m acima do nível do mar.

1. COMO CHEGAR AO ACESSO À TRILHA:

O acesso para a Trilha do Chapéu do Bispo fica ao final da Avenida das Montanhas, onde está o Estacionamento Pedra Redonda (R$10,00 o período). No estacionamento há um quiosque com sanitários para os clientes, Wi-Fi, venda de sucos e de água.

2. A TRILHA:

Há uma placa indicando o início da Trilha do Chapéu do Bispo, com uma seta para a direção direita.

trilha do chapéu do bispo

Início da Trilha do Chapéu do Bispo (Foto: Matheus Sabino).

Somando ida e volta, a distância a ser percorrida é de 2,2 km. Esta trilha é gratuita e autoguiada, ou seja, é só você seguir o caminho aberto pela mata. Não há necessidade de contratar um guia para subir.

O site Guia Monte Verde classifica a trilha como de nível de dificuldade fácil. Não existem obstáculos para serem transpostos na trilha, mas há uma variação de pisos, com rochas e terra (ou barro).

trilha do chapéu do bispo

Trilha do Chapéu do Bispo (Foto: Matheus Sabino).

A ida é feita em parte por um trecho de subida acentuada pela encosta da Serra da Mantiqueira.

Nós subimos para o Chapéu do Bispo em um dia muito chuvoso! No trecho inicial, formado por uma escadaria natural de rochas, o perigo era propício a escorregar e cair, mesmo usando calçados apropriados. As pedras ficam muito lisas quando a superfície está molhada!

Durante a subida, encontramos um primeiro afloramento rochoso que serve como mirante. Mas, não vimos absolutamente nada, pois estava tudo nublado! O segredo, então, foi curtir a caminhada pela linda floresta de Mata Atlântica, prestar atenção nos sons dos pássaros, nos barulhos do vento e das gotas de chuva caindo sobre as folhas das árvores!

trilha do chapéu do bispo

Primeiro mirante da trilha (Foto: Matheus Sabino).

trilha do chapéu do bispo

Subida para o Chapéu do Bispo (Foto: Matheus Sabino).

Ao chegar na crista da serra, passamos a caminhar por uma área plana e com uma mudança nas estruturas das árvores, que são bem mais baixas. Passamos por uma clareira cheia de plantas rasteiras e bromélias. Essa clareira nos enganou, pois quando vimos que a mata iria abrir, achamos que tínhamos chegado no Chapéu do Bispo. Mas, não! Passamos pela clareira e continuamos a andar.

Quando você estiver próximo à pedra do Chapéu do Bispo, vai perceber que há mais entrada de luz na mata.

Ao chegar ao Chapéu do Bispo, você encontrará diversos grandes blocos de rochas! O maior deles chega a 10 m de altura e só é acessível através de uma escalada por uma barra de ferro encravada na rocha. Como o tempo estava péssimo, não tentamos escalar: primeiro, porque as pedras estavam muito lisas e poderíamos sofrer um acidente; segundo, porque não veríamos absolutamente nada pelo mau tempo.

trilha do chapéu do bispo

Chapéu do Bispo (Foto: Matheus Sabino).

Segundo o site Guia Monte Verde, escalar as pedras pode ser arriscado (mesmo em dias de Sol), portanto, cabe ao visitante decidir se tem condições físicas e técnicas de escalar até o ponto máximo do Chapéu do Bispo.

Este pico está localizado na divisa entre os estados de Minas Gerais e São Paulo. Quando os dias estão limpos, é possível avistar o município de Camanducaia no lado mineiro, e a cidade de São José dos Campos, no lado paulista.

Apesar de este ser um dos passeios mais populares de Monte Verde, só encontramos um casal subindo a trilha, enquanto estávamos na descida, e 2 cachorros que vivem no estacionamento.

Para mais informações

Prefeitura de Camanducaia:
http://www.camanducaia.mg.gov.br/

Guia Monte Verde:
http://www.guiamonteverde.com.br/

 

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: