Brasília: Santuário Dom Bosco

A cerca de 1k do Eixo Monumental, na Via W3 Sul encontramos uma verdadeira preciosidade: o Santuário Dom Bosco!

A Igreja é simples pelo lado de fora, e como sempre, foge da arquitetura tradicional das igrejas brasileiras. O concreto cinzento esconde uma preciosidade por dentro, da qual já já falaremos mais!

O Santuário é dedicado ao padroeiro da cidade de Brasília: São João Belchior Bosco, ou simplesmente Dom Bosco.

1. BRASÍLIA E O SONHO DE DOM BOSCO:

No ano de 1.883, Dom Bosco sonhou que sobrevoava uma região da América do Sul entre a Cordilheira dos Andes e o Oceano Atlântico. O sonho profetizava a existência de uma próspera civilização entre os paralelos de latitude 15 e 20°. Brasília foi justamente construída nesta posição geográfica.

“Entre os graus 15 e 20, existia um seio de terra bastante largo e longo, que partia de um ponto onde se formava um lago. E então, uma voz me disse, repentinamente: 'Quando vieres escavar os minerais ocultos no meio destes montes, surgirá aqui a Terra da Promissão, fluente de leite e mel. Será uma riqueza inconcebível'”.

2. O SANTUÁRIO DOM BOSCO DE BRASÍLIA:

Ao entrar na Igreja, você certamente ficará impactado com o jogo das cores provocado pela luz natural! As 80 colunas, com 16 m de altura, apresentam 12 diferentes tonalidades de azul (Fonte: Portal Brasil). Nas laterais, o contraste é feito por vitrais em tons rosáceos e arroxeados.

santuário dom bosco

O incrível Santuário Dom Bosco! (Foto: Tissiana Souza).

Segundo o site “Patrimônio Belga no Brasil”, são 2,2 mil m² de vitrais, projetados pelo arquiteto brasileiro Cláudio Naves e fabricados pelo artista belga Hubert Van Doorne, que vivia em São Paulo.

A luz natural cria um ambiente fantástico! É incrível a “atmosfera” criada pelas cores, transmitindo uma sensação de paz e tranquilidade!

santuário dom bosco

A variação das cores provocada pela luz do Sol é magnífica (Foto: Tissiana Souza).

Os vitrais de tonalidades mais escuras ficam mais próximos ao chão e os vitrais com tons mais claros estão mais altos. Uma técnica de iluminação que me lembrou muito Antoni Gaudí.

santuário dom bosco

Detalhes de cores e tamanhos dos vitrais (Foto: Tissiana Souza).

Mas a beleza não está apenas nos vitrais! Um incrível lustre de 3,5m “flutua” no centro do templo, com de 7.400 peças de vidro murano, 5m de diâmetro e 3.000 kg. Segundo o Portal Brasil, o lustre representa Jesus Cristo, a Luz do Mundo. Foi projetado pelo arquiteto Alvimar Moreira.

santuário dom bosco

O belíssimo lustre do Santuário (Foto: Tissiana Souza).

Nas portas de ferro e bronze, os visitantes encontram representações da vida de Dom Bosco, feitas pelo artista Gianfranco Cerri.
O Cristo Crucificado, no altar, foi esculpido por Gotfredo Traller em um único tronco de cedro, apresentando 4,3m de envergadura (Fonte: Visite Brasília). A cruz tem 8m de altura.

santuário dom bosco

Portas de bronze da Igreja (Foto: Tissiana Souza).

O Santuário Dom Bosco começou a ser construído no ano de 1.963 e foi inaugurado em 23 de maio de 1.970. É menos “badalado” que a Catedral Metropolitana, por estar fora do eixo monumental, mas se eu fosse você, colocaria o Santuário na sua lista de lugares para conhecer em Brasília AGORA!!!

santuário dom bosco

Vista da igreja, em direção às portas de saída (Foto: Tissiana Souza).

Endereço

W3 Sul, Quadra 702, Brasília-DF.

Preço para o ano de 2017

Gratuito

Horário

Todos os dias, das 08:00 às 18:00 horas.

Para mais informações

Portal de Brasília:
http://www.df.gov.br/

Visite Brasília:
https://visitebrasilia.com.br/

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: