A incomparável Basílica de La Sagrada Família

Pense em algo que você considere único. Algo que você não consiga comparar com outra coisa. Esta é a Basílica de la Sagrada Família! Você não encontrará uma igreja como esta em nenhum outro lugar do mundo!
A Sagrada Família (nome original: Templo Expiatório de La Sagrada Família), localizada na cidade de Barcelona (Catalunha – Espanha) é considerada pelo site European Best Destinations 2015 como uma das 7 maravilhas da Europa. Pelo mesmo site, é o 4º melhor destino impressionante europeu. É o monumento mais visitado da Espanha, com cerca de 4 milhões de visitantes por ano.
Estes títulos não foram concedidos à toa! Não existem palavras para explicar toda a beleza desta que é considerada a obra-prima da arquitetura de Antoni Gaudí, que terá capacidade para 13 mil fieis.

A Basílica da Sagrada Família: a igreja mais famosa de Barcelona (Foto: Tissiana Souza).

1. COMO CHEGAR:

-Metrô: Estação Sagrada Família  - Linhas 2 e 5.
-Bilheteria da Sagrada Família: localizada na Carrer de Sardenya.

2. PEQUENA CRONOLOGIA DA BASÍLICA:

-1866: Josep Maria Bocabella i Vaguedar Funda a Associação Espiritual de Devotos de São José.
-1882: em 19 de março, dia de São José, é assentada a primeira pedra da igreja. O responsável pela obra é o arquiteto Francisco de Paula del Villar y Lozano.
-1883: Antoni Gaudí assume as obras após Francisco del Villar deixar o cargo. Gaudí refaz o todo projeto da Sagrada Família.
-1914: Gaudí passa a se dedicar exclusivamente ao projeto da Basílica, chegando, inclusive, a morar no local.
-1926: Gaudí morre em 10 de junho após um trágico acidente – foi atropelado por um bonde. Seu corpo está sepultado na cripta da igreja.
-1936: durante a Guerra Civil Espanhola, revolucionários incendeiam a cripta, destruindo a oficina. Todos os planos, desenhos, fotografias originais e maquetes da igreja foram completamente destruídos. Apesar da perda total do projeto, sempre foram respeitadas as ideias originais de Gaudí.
-2010: em 07 de novembro, o Papa Bento XVI consagra o templo e eleva à condição de Basílica.
-2020-2040: possível data de conclusão das obras. O projeto estará completamente pronto quando a Fachada da Glória estiver construída.

3. VISITA ÀS TORRES:

Gaudí projetou 18 torres para a Basílica, no entanto, 8 delas estão prontas: 4 na Fachada do Nascimento e 4 na Fachada da Paixão.
Cada uma das torres terá uma representação: a torre central representará Jesus Cristo, quatro torres ao seu redor serão os evangelhos, a torre da abside coroada por uma estrela representará Maria e as outras doze torres corresponderão aos apóstolos.

sagrada familia

As torres da Sagrada Família afunilam em direção ao céu (Foto: Tissiana Souza).


Menores de 6 anos e pessoas com mobilidade reduzida não podem acessar a torre. Jovens de até 16 anos só podem participar da visitação acompanhados por um adulto.
Se você vai conhecer a Sagrada Família, aproveite também esta oportunidade de fazer uma visita às torres. Os ingressos são comprados à parte na bilheteria e a subida é feita por elevador. Conhecemos as torres da fachada do Nascimento.

sagrada familia

Um passeio pelas torres da Sagrada Família (Foto: Tissiana Souza).


A 65m de altura, as torres funcionam como um mirante, onde temos uma visão privilegiada da cidade de Barcelona com o Mar Mediterrâneo ao fundo!

sagrada familia

Vista panorâmica da Barcelona (Foto: Tissiana Souza).


Estando na torre, você consegue ver alguns detalhes da construção que ficam muito distantes vistos do chão. Há muita delicadeza nos coloridos vitrais venezianos, e o mesmo tempo a construção se revela com detalhes minuciosos! Também conseguimos ver um pouco de toda a estrutura existente para o andamento das obras da basílica, inclusive os funcionários trabalhando.

sagrada familia

Detalhes da Basílica, visto da torre (Foto: Tissiana Souza).


É interessante poder observar ainda a estrutura interna da torre e a forma como afunilam em direção ao céu, parecendo estar unida a ele.
Na fachada do Nascimento, a descida da torre é feita por uma escada em formato de caracol. É bastante misterioso descer por esta escada, pois você não consegue ver onde ela termina. Parece ser infinita! Quando chegamos no final das escadarias, encontramos um portão de ferro que sai diretamente no interior da Sagrada Família.

Escadarias no formato de caracol! Onde esses degraus terminam? (Foto: Tissiana Souza).

4. A SAGRADA FAMÍLIA:

Ao adentrar na Basílica, aproveite a visitação! Ande bastante pelo seu interior. Não se preocupe com o tempo que você ficará dentro dela! Observe-a bem! Recomenda-se uma visita de uma hora no site oficial, mas você não vai querer sair tão cedo de lá!
Ela é completamente diferente das igrejas tradicionais! Não contém altares talhados em madeiras ou feitos de ouro, imagens de santos e afrescos. Mas ao mesmo tempo, tudo o que há dentro da igreja prende os olhos!
Para Gaudí, a luz no interior do templo é a responsável por destacar os elementos. Para isto, o arquiteto projetou claraboias por onde a luz solar entra e se reflete.

sagrada familia

O interior da Sagrada Família: espetacular! (Foto: Tissiana Souza).

 

sagrada familia

A luz solar ilumina o interior da Basílica (Foto: Tissiana Souza).


Os vitrais apresentam uma gradação de cores pensada para que a luz seja projetada para dentro da Basílica convidando o visitante a fazer uma reflexão sobre si mesmo.

sagrada familia

Os vitrais da Sagrada Família (Foto: Tissiana Souza).


O melhor horário para visitação é no final da tarde, quando a luz se projeta sobre os vitrais da Fachada da Paixão.
Todo o interior da basílica é inspirado na natureza, algo típico da obra de Gaudí. As colunas representam troncos de árvores que se desmembram em diversos galhos. Assim, o visitante teria a sensação de estar em uma grande floresta.

sagrada familia

Caminhando pela floresta de Gaudí (Foto: Tissiana Souza).


As fachadas representam as fases da vida de Jesus: seu nascimento, paixão, morte e ressureição. As luz solar ao longo do dia destaca diferentes pontos das fachadas, sobressaindo assim ora momentos mais generosos de sua vida, ora os momentos mais dramáticos.
O altar principal é simples. A imagem de Jesus Cristo crucificado aparentemente parece flutuar acima de nossas cabeças.
Aproveite ainda para conhecer o Museu Gaudí, onde você verá mais sobre as ideias e inspirações do arquiteto!

Não pode ir para Barcelona? Ou então, vai para Barcelona e quer conhecer um pouco mais sobre o monumento? Aproveite o link a seguir e faça uma visita virtual pela Sagrada Família sem sair de casa:
http://www.sagradafamilia.org/es/visita-virtual/

Endereço

Carrer Mallorca, 401, Barcelona

Preço para o ano de 2015

Ingressos (sem guia): 15 €
Ingressos (com audioguia): 19 €
Ingressos (com guia): 19,50 €
Menores de 18 anos, estudantes e aposentados: 13 €

Torre: 4,50 €

Horário

De Novembro a Fevereiro - das 9:00 às 18:00 horas;
Março - das 9:00 às 19:00 horas;
De Abril a Setembro - das 9:00 às 20:00 horas;
Outubro - das 9:00 às 19:00 horas.
Última entrada venda de bilhetes: até 15 minutos antes do horário de fechamento.

25 e 26 de Dezembro, 1 e 6 de Janeiro - das 9:00 às 14:00 horas.

Para mais informações

Basílica da Sagrada Família:
http://www.sagradafamilia.org/es/

Mapa da Rede de Transporte Metropolitano:
http://www.metrobarcelona.es/mapas.html

2 comentários sobre “A incomparável Basílica de La Sagrada Família

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: