Museu Pergamon

Um dos passeios que mais gostei em Berlim foi conhecer o Museu Pergamon!

O Pergamonmuseum é a principal atração da chamada “ilha dos museus” e também um dos pontos mais atrativos da cidade.
Além do Pergamon, na ilha está o Altes Museum, o Neues Museum, a Alte Nationalgalerie e o Bode-Museum (Fonte: Guia Lonely Planet – Descubra a Europa, 2014).
Como ficamos por pouco tempo na cidade (3 dias), resolvemos conhecer o Pergamon. Um museu realmente espetacular!

1. COMO CHEGAR:

-U-Bahn: Linha U6, Estação Friedrichstraße
-S-Bahn: Linhas S1, S2, S25 – Estação Friedrichstraße; Linhas S5, S7, S75 – Estação Hackescher Markt.

2. O MUSEU PERGAMON:

 Este museu é voltado para o mundo antigo e o acervo é impressionante! É um verdadeiro sítio arqueológico!

Segundo o site museumsportal-berlin, o Museu Pergamon foi construído entre 1.910 e 1.930 por Ludwig Hoffman e segundo os planos de Alfred Messel. Entre 1.901 e 1.909 havia uma construção menor no local.

O museu recebe mais de um milhão de visitantes por ano!!! (fonte: smb.museum – Museu Pergamon).

Segundo o site berlin.de, o Pergamon é, na verdade, três museus em um. O interior do Pergamon está subdividido em Coleção de Antiguidades Clássicas (Antikensammlung), Coleção do Antigo Oriente Médio (Vorderasiatisches Museum) e Coleção de Arte Islâmica (Museum für Islamische Kunst).

Segundo o site do museu Pergamon, o acervo de Antiguidades Clássicas surgiu há aproximadamente 350 anos, com coleções de arte dos eleitores de Brandemburgo e posteriormente com os reis da Prússia.

A coleção é considerada uma das mais abrangentes do mundo, com origem grega e romana (fonte: smb.museum – Museu Pergamon).

Um dos principais destaques da coleção de Antiguidades Clássicas é o Portão do Mercado de Mileto, construído cerca de 100 anos d.C. Um exemplo da arquitetura romana!

museu pergamon

O Portão do Mercado de Mileto. Impressionante! (Foto: Tissiana Souza).

Já o museu leva o nome de outra joia da coleção: o Altar de Pergamon, datado do Séc. II a.C. (fonte: berlin.de), construído entre 180-160 a.C. (fonte: smb.museum – Museu Pergamon).
O Altar de Pergamon é considerado uma obra prima helenística!
É surreal entrar na sala gigantesca e encontrar a reconstrução do Altar! Os visitantes costumam sentar nas imensas escadarias! É como se todos pudessem voltar no tempo para reverenciar os deuses que estão dispostos pelas paredes!

museu pergamon

Algo surreal: a construção de um templo dentro de um museu! (Foto: Tissiana Souza).

museu pergamon

Reconstituição das paredes, com representação dos deuses gregos (Foto: Tissiana Souza).

A Coleção do Antigo Oriente Médio apresenta obras de arte trazidas para Berlim após escavações arqueológicas realizadas no Iraque, Síria e Turquia (fonte: smb.museum – Museu Pergamon).

A principal atração desta coleção, que irá deixar qualquer visitante de queixo caído, é o Portão de Ishtar da Babilônia. É um deslumbramento total! É uma estrutura imponente!

O visitante passará pelo Caminho Processional, onde estão os desenhos dos leões, até chegar ao Portão de Ishtar. Sua construção data do Séc.VI a.C. Além dos leões, animais como dragões e touros estão representados na decoração, pois estes eram os considerados os principais deuses da Babilônia (fonte: berlin.de).

museu pergamon

O Caminho Processional e seus leões (Foto: Tissiana Souza).

museu pergamon

O magnífico e monumental portão de Ishtar! (Foto: Tissiana Souza).

A constituição do acervo de Arte Islâmica teve início em 1.904, com a doação de tapeçarias dos Sécs. XVI a XVIII, por Wilhelm von Bode (fonte: berlin.de).

A disposição do acerto, segundo o site do Museu Pergamon, segue uma ordem cronológica, iniciando pelos Sécs. VII a X, com o período islâmico primitivo. O destaque é a fachada do palácio Mshatta.

museu pergamon

Fachada do Palácio Mshatta (Foto: Tissiana Souza).

A Aleppo Zimmer, uma sala do Séc. XVII, pintada com provérbios e versos árabes e persas, pertencente à casa de um comerciante da cidade síria de Aleppo (fonte: berlin.de) também é um dos pontos altos da coleção. É feita em madeira.

museu pergamon

Aleppo Zimmer (Foto: Tissiana Souza).

Obs. 1: a sala do Altar de Pergamon está fechada para visitação até o ano de 2019, em razão da ocorrência de obras no museu.

Obs. 2: Não é permitido circular com mochilas pelo museu. Há um guarda-volumes no local.

Obs. 3: O bilhete inclui também o uso de áudio-guia, o que ajuda a compreender mais sobre o acervo. Não deixe de utilizar o seu!

Endereço

Bodestraße, 10178, Berlin

Preços para o ano de 2017

Pergamonmuseum
12,00€

Museum Island (Ilha de Museus)
Todas as exibições
18,00€

Horário

Todos os dias, das 10:00 às 18:00 horas.
Última admissão às 17:30 horas.

Para mais informações

Visit Berlin:
http://www.visitberlin.de/p

Mapa do Transporte Metropolitano de Berlim (U-bahn e S-bahn):
http://www.s-bahn-berlin.de/pdf/VBB-Liniennetz.pdf

Museu Pergamon:
http://www.smb.museum/en/home.html

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: