East Side Gallery

Há 28 anos, Berlin era uma capital dividida. A andando pela cidade é até difícil de acreditar. 
Hoje, ao atravessar a antiga "fronteira” feita pelo Muro de Berlin, símbolo máximo da Guerra Fria, chegamos a ter dificuldades em notar qual era a Berlin Ocidental, ligada à República Federal Alemã, e a Berlin Oriental da República Democrática Alemã.
Perceber que ocorriam duas cidades em uma se torna mais claro quando observamos a marcação do antigo muro no asfalto entre o Portão de Brandenburgo e o Tiergarten Park, na Potsdamer Platz, e dentro dos estabelecimentos comerciais.
A atual East Side Gallery (a tradução ao pé da letra seria “Galeria do Lado Leste”) é um dos trechos restantes do muro, com 1,3 km de extensão. Localizada às margens do rio Spree, é considerada a maior galeria mural a céu aberto do mundo, um espaço público que pode ser visitado 24 horas por dia, todos os dias da semana.

Berlin - Rio Spree

Rio Spree e ao fundo a Ponte Oberbaum. (Foto: Tissiana Souza)

1. COMO CHEGAR:

-Metrô (U-bahn)/Trem urbano (S-bahn): Estação Warshauer Str. Linhas S - S5, S7, S75 do trem ; Linha U - U12 do metrô. Saia para a Warshauer Str. Caminhe 400m em direção ao rio Spree e você chegará na East Side Gallery.

-Trem urbano (S-bahn): Estação Ostbahnhof  (Linhas S - S5, S7, S75); Estação Fernbahnhof  (Linhas EC, RB, RE).
Saia para a Str. de Pariser Kommune, caminhe 200m em direção ao rio Spree e você estará na East Side Gallery.

2. O MURO DE BERLIN:

A data oficial do muro é 13 de Agosto de 1961. Com arame farpado e concreto, guardas da Alemanha Oriental passam a isolar Berlin Ocidental no interior do território da Alemanha Oriental. Um dos objetivos era impedir a fuga de pessoas para a Alemanha Ocidental, que entre 1949 e 1961 recebeu cerca de 2 milhões de pessoas vindas da parte socialista.
O muro de Berlin tinha 156 km de extensão, 4m de altura, 300 torres militares de observação e dispositivos anti-fuga. Segundo os dados históricos, 80 pessoas morreram tentado atravessar a barreira, porém este número é controverso. Isolou famílias, dividiu residências ao meio, pessoas perderam seus empregos, e estações de metrô ficaram abandonadas pois as linhas foram suspensas de uma hora para outra.
Para transitar entre os setores oriental e ocidental de Berlin era necessário passar por um dos 8 postos militares (o mais famoso é o Checkpoint Charlie), desde que fosse apresentada uma autorização. 

East Side Gallery

Muro de Berlin (1961-1989). East Side Gallery, a partir de 1990, restaurada em 2009. (Foto: Tissiana Souza)

3. EAST SIDE GALLERY:

Com a queda do muro de Berlin em 1989, artistas de várias partes do mundo transformaram o remanescente em um mural de arteSão 101 imagens diferentes, que retratam o desejo pela liberdade, a esperança de um mundo melhor, histórias pessoais e sonhos, e a euforia pela paz após o final da Cortina de Ferro na Europa.
Mais de 3 milhões de pessoas passam por ano na Galeria, que pode ser classificada como um monumento da reunificação alemã.
Desde 1996, os artistas que trabalharam na transformação muro são membros de uma organização que visa a conservação da East Side Gallery.
Em 2009, a galeria foi restaurada com a recuperação das pinturas, porém o maior problema são as pichações ilegais, que acabam deteriorando os trabalhos e necessitam de realização constante de limpeza. Então, se você for ao muro e deseja que este marco da história mundial seja conservado, não faça como muitas pessoas que passam por lá e escrevem seus nomes nas pinturas! Isto somente prejudica o trabalho da organização que luta pela manutenção da galeria!
No ano de 2013, a East Side Gallery teve sua permanência ameaçada pela construção de um condomínio de luxo na margem do rio Spree. Um episódio polêmico foi a remoção de quatro placas de concreto da galeria durante a madrugada, aproveitando a ausência de manifestantes contrários à retirada, para permitir o acesso de tratores à área do condomínio.
A pintura mais famosa da galeria é o O Beijo Mortal ou O Beijo Fraterno entre o chefe de Estado soviético Leonid Bréjnev e o dirigente da Alemanha Oriental Erich Honecker, feita por Dimitrji Vrubel. O nome original da obra é Mein gott hilf mir, diese tödliche Liebe zu überleben (Meu Deus, ajude-me a sobreviver a este amor mortal). Este beijo realmente aconteceu e era um ato comum entre os líderes do países socialistas, não estando relacionado com orientação sexual, mas sim como um ato político.

East Side Gallery

O Beijo Fraterno, de Dimitrji Vrubel. A pintura mais famosa do muro de Berlin. Este beijo realmente aconteceu! (Foto: Tissiana Souza)


Conhecer a East Side Gallery é certamente uma das melhores partes de visitar Berlin. Poder estar ao lado do muro é como sentir a história recente mundial ainda presente, mesmo que não tenhamos vivido diretamente aquela realidade. Faz com que pensemos em um mundo onde existam menos muros e mais diálogos, mais fronteiras abertas para as pessoas e menos guerras ideológicas.

East Side Gallery

Este currículo ninguém quer! "Curriculum Vitae", por Susanne Kunjappu-Jellinek. (Foto: Tissiana Souza)

East Side Gallery

Pintura de Jim Avignon - "Doin it cool for the east side". (Foto: Tissiana Souza)

East Side Gallery

Obra de Birgit Kinder - "Test the Rest" (tradução: "Teste o Resto"). (Foto: Tissiana Souza)

East Side Gallery

Obra de Gebriel Heimler - "Der Mauerspringer" (em tradução literal seria "O saltador do muro"). (Foto: Tissiana Souza)

East Side Gallery

"O povo unido nunca mais será vencido" - obra de Kim Prisu, artista português. (Foto: Tissiana Souza)

East Side Gallery

Obra de Schamil Gimajev - "Worlds people, wir sind ein wolk" (Pessoas do mundo, nós somos um povo) (Foto: Tissiana Souza)


Em novembro de 2013, quando estivemos em Berlin, do outro lado do antigo muro havia uma exposição sobre fronteiras separadas por muros e cercas. Uma tentativa de mostrar às pessoas que as fronteiras físicas somente servem para isolar pessoas e aumentar a tensão entre povos! 

East Side Gallery

O outro lado do muro, em novembro de 2013, com uma exposição sobre outros muros existentes no mundo. (Foto: Tissiana Souza)

Quer ver todas as obras da East Side Gallery sem sair do conforto da sua poltrona?! Acesse o link abaixo. Para ver todas as pinturas é só ir clicando na seta localizada no centro da página do lado direito da tela do computador:
https://www.google.com/culturalinstitute/exhibit/east-side-gallery/gQAJocMp?hl=de&position=0%2C6

Confira no link a seguir um vídeo de 10 minutos que explica como era o sistema de segurança no Muro de Berlin e também na fronteira entre as antigas Alemanhas. Para iniciar basta clicar em "Assistir ao vídeo":
http://www.dw.com/popups/mediaplayer/contentId_4450000_mediaId_4838682

Endereço

Mühlenstraße, s.n.,
Código Postal: 10243, Berlin

Preços para o ano de 2015

Gratuito

Horário

Todos os dias, 24 horas por dia.

Para mais informações

Mais informações sobre as pinturas, restauração, doações, acesse o site da East Side Gallery:
http://www.eastsidegallery-berlin.de/data/eng/index-eng.htm

Mapa do transporte público de Berlin (U-bahn/S-bahn):
http://www.s-bahn-berlin.de/pdf/VBB-Liniennetz.pdf

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: