Trilha do Ribeirão das Ostras e Cachoeira de Meu Deus

No segundo dia de nossa viagem com os Forasteiros à região do Alto Vale do Rio Ribeira, nos aventuramos por Eldorado-SP, município vizinho ao de Iporanga.
Parte deste dia foi reservado para a Trilha do ribeirão das Ostras e Cachoeira (Queda) de Meu Deus, que são acessados pela rodovia SP-165. Há uma placa indicativa da cachoeira na entrada da propriedade.
Uma pequena infraestrutura com sanitários e um quiosque que vende aperitivos é encontrada no local para atendimento dos turistas.
A trilha está situada no interior de uma área particular, e por isso o acesso é pago.
Para fazer a trilha completa é obrigatório contar com a presença de um monitor. E os nossos guias do Núcleo Terra estavam lá para nos orientar e ajudar no percurso.
Uma sessão de alongamento para pernas e braços antes da caminhada já indicou que a aventura reservava a todos nós muita resistência física.

1. TRILHA DO RIBEIRÃO DAS OSTRAS E CACHOEIRA DE MEU DEUS:

Iniciamos nossa caminhada por uma estrada de terra com subida acentuada. O dia estava nublado e com uma chuva leve. Se estivesse um Sol forte seria mais difícil enfrentar a subida! Com chuva ou Sol, a vista do rio Ribeira de Iguape compensa o esforço!

Trilha do ribeirão das ostras

Início da trilha por estrada de terra. (Foto: Tissiana Souza)


Os guias indicam o ponto de entrada na mata fechada e lá vamos nós por uma descida num terreno bem inclinado! O barro liso fez muita gente escorregar!
Alguns trechos de maior dificuldade contém cordas para facilitar a descida e evitar que os visitantes se machuquem.
Ao chegarmos ao ribeirão das Ostras, a caminhada começa a ser feita pelo leito do rio, com água até a altura da canela. Pequenas quedas d’água com piscinas naturais passam a fazer parte da nossa paisagem!

Ribeirão das Ostras

Caminhada pelo leito do ribeirão das Ostras. (Foto: Matheus Sabino)

Ribeirão das ostras

Ribeirão das ostras - pequenas quedas d'água no início. (Foto: Tissiana Souza)


Todos podem tomar um banho nas águas cristalinas! A sensação de estar no meio da mata e caminhando por um rio de águas transparentes é ótima! Esquecemos do resto do mundo para somente contemplar a natureza e o que ela tem de melhor!

Nosso grupo atravessando o ribeirão.

Nosso grupo atravessando o ribeirão. (Foto: Tissiana Souza)


A trilha segue ora pela mata, ora necessitando de cruzarmos o rio de uma margem para a outra. No rio, as pedras lisas dificultam as passadas, sendo preciso estar bastante atento com os locais onde pisamos. Há também um local com uma escada de madeira ao lado de uma pequena cachoeira.
As diversas quedas d’água tornam-se cada vez mais bonitas e com maiores alturas, e o passeio fica cada vez mais atrativo aos nossos olhos!

Ribeirão das ostras.

Ribeirão das ostras (Foto: Tissiana Souza).

Ribeirão das ostras

Ribeirão das ostras (Foto: Tissiana Souza).

Ribeirão das ostras

Ribeirão das ostras (Foto: Tissiana Souza)


Depois de uma caminhada longa, cheia de contato com a natureza, chegamos ao ponto mais aguardado da trilha, e também sua parte final: a Cachoeira ou Queda de Meu Deus!
Ela realmente se revela como um espetáculo à parte, indescritível, imponente, mostrando a força das águas e a beleza da natureza! Quando você chega nesta cachoeira, só é possível dizer "Meu Deus!", admirar e escutar o barulho das águas!

Cachoeira de Meu Deus

Cachoeira de Meu Deus - lindíssima! (Foto: Tissiana Souza)


Com 53m de altura, a Cachoeria de Meu Deus foi eleita a queda d'água mais bonita do Estado de São Paulo pelos telespectadores do programa Antena Paulista da TV Globo, no ano de 2010.
Atrás da cachoeira há também uma pequena gruta, que muitos aproveitam para conhecer. Para acessa-la, vá pela lateral próximo às pedras para evitar a força da queda d'água.
A trilha completa dura cerca de 5 horas. Quem quiser ir de carro para a Cachoeira de Meu Deus pode utilizar a estrada de terra até chegar ao estacionamento e depois seguir a pé por uma trilha de curta duração pela mata

Cachoeira de Meu Deus

Cachoeira de Meu Deus - impossível não se encantar! (Foto: Tissiana Souza).

Veja no link a seguir a reportagem do Antena Paulista mostrando um trecho da trilha e a Cachoeira de Meu Deus:
https://www.youtube.com/watch?v=4ctctsWOvnU

DICA:

  • Use protetor solar e repelente.
  • Nas trilhas, opte sempre por caminhar dentro dos limites. Pisar na vegetação, principalmente aquela folhagem em decomposição é mais perigoso, pois geralmente cobras se escondem e se camuflam nesses lugares.
  • Você pode ir de bermuda para a trilha, mas a melhor opção é sempre usar calça para se proteger dos animais e da vegetação, e use um par de tênis confortável e antiderrapante.  

Endereço

Acesso pela SP-165, entre as cidades de Iporanga e Eldorado.

Preços para o ano de 2015

R$10,00 por pessoa

Para mais informações

Sobre a estância turística de Eldorado:
http://www.eldorado.sp.gov.br/

Sobre a nossa hospedagem e guias - Pousada Capitão Caverna e Núcleo Terra:
http://www.nucleoterra.com.br/

facebook.com/nucleoterra
facebook.com/capitaocavernapetar

Sobre os organizadores da excursão - Forasteiros Viagens:
http://www.forasteiros.com/

facebook.com/forasteirosviagens

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: