Arcos da Lapa e Escadaria Selarón

O Centro do Rio de Janeiro se parece muito, muito mesmo, com as cidades portuguesas. Isso é um reflexo da sua história, que começou em 1º de março de 1.565 e pela cidade ter sido a casa da Família Real, entre 1.808 e 1.821. Essa herança não está somente nos casarios antigos, mas também no Aqueduto da Carioca, que são mais popularmente conhecidos como os Arcos da Lapa! Pertinho dali, conectando os bairros da Lapa e de Santa Teresa, estão os degraus provavelmente mais famosos da cidade atualmente: a Escadaria Selarón!

1. COMO CHEGAR:

-Metrô: A estação mais próxima é a Cinelândia (Linhas 1 e 2). Saia para a Rua do Passeio, vire à direita na Rua República do Paraguai e siga até chegar na Praça Cardeal Câmara. A caminhada tem 600 m.

2. ARCOS DA LAPA:

 Os Arcos da Lapa são considerados como uma das imagens mais representativas do Rio de Janeiro antigo. Sua construção é também o maior empreendimento arquitetônico do Brasil no período colonial (Fonte: visit.rio).

arcos da lapa

Os arcos da Lapa, hoje caminho do bondinho! Antigamente, um aqueduto! (Foto: Tissiana Souza).

O Aqueduto da Carioca, hoje o caminho do Bondinho de Santa Teresa, era um condutor das águas da nascente do rio Carioca para a população.

arcos da lapa

Olha o bondinho aí, gente! (Foto: Tissiana Souza).

Segundo o Diário do Rio, data de 1.600 o início dos estudos sobre como abastecer a população com as águas do rio Carioca. Em 1.624, foi firmado um contrato para a construção de um condutor de água, mas a obra foi concluída somente em 1.723.

A inauguração do aqueduto ocorreu somente em 1.750, quando as águas passaram a brotar das 16 bicas de bronze do chafariz de mármore do Convento de Santo Antônio (Fonte: Diário do Rio).

Com as consequentes obras de abastecimento feitas ao longo dos anos, o Aqueduto da Carioca perdeu sua função principal e passou a ser utilizado como viaduto para os bondes a partir de 1.896, facilitando o acesso entre o bairro alto de Santa Teresa e o centro (Fonte: Diário do Rio).

Os Arcos da Lapa são formados por 42 arcos duplos e óculos na parte superior. Foi construído com pedra argamassada e apresenta estilo românico (Fonte: visit.rio).

Os arcos estão situados na Praça Cardeal Câmara

Saindo da Praça Cardeal Câmara, siga pela Av. Mem de Sá. Ao cruzar com a Travessa do Mosqueira, você verá um painel de Eduardo Kobra dedicado ao nosso ídolo Ayrton Senna.

lapa

Painel de Eduardo Kobra (Foto: Tissiana Souza).

Ande mais um quarteirão na Av. Mem de Sá e vire à direita na Rua Teotônio Regadas, estreita e cheia de grafites e desenhos nos muros. Nessa rua há lojinhas de Souvenir e restaurantes. No final desta rua está a , após o cruzamento com a Rua Joaquim Silva.

Nossa dica é almoçar no Adega “Flor de Coimbra”, a adega mais antiga do rio, na Rua Teotônio Regadas, bem próximo à escadaria. É um restaurante tradicional português, funcionando há mais de 70 anos. O Restaurante abre de segunda-feira a sábado. Pedimos pratos prontos e não nos arrependemos! Como todo bom restaurante português, veio muita comida e saímos de lá muito satisfeitos! Os pratos tinham preço a partir de R$20,00.

 3. ESCADARIA SELARÓN:

 A Escadaria Selarón liga a Rua Joaquim Silva (Lapa) à Rua Pinto Martins (Santa Teresa) e à Ladeira de Santa Teresa. Para ver o colorido das escadarias, é melhor que você suba os degraus, pois descendo você não verá os mosaicos.

A Escadaria é considerada Patrimônio Material do Estado do Rio de Janeiro e contém 215 degraus decorados com mais de 2.000 azulejos!

escadaria selaron

Um sonho conhecer essas escadarias! (Foto: Tissiana Souza).

O revestimento dos degraus começou na década de 1.990, quando o artista plástico e ceramista chileno Jorge Selarón (Fonte: visit.rio) transformou a escadaria em uma verdadeira obra de arte a céu aberto! Segundo o Mapa de Cultura do Rio de Janeiro, o revestimento começou em 1.994. Selarón viveu numa casa ao lado da escadaria de 1.990 a 2.013, quando foi encontrado morto ao pé de sua obra 🙁

escadaria selaron

Famosas escadarias do Rio de Janeiro (Foto: Matheus Sabino).

escadaria selaron

Escadaria Selarón (Foto: Matheus Sabino).

A cada degrau, descobrimos novos desenhos nos azulejos, que são de diversas partes do Brasil e do mundo! As ilustrações são as mais variadas possíveis: santos, pontos turísticos de cidades internacionais, bandeiras, flores! Outro detalhe é que os degraus se intercalam em verde, amarelo e azul – cores da nossa bandeira!

escadaria selaron

Escadaria Selarón: das cores do Brasil (Foto: Matheus Sabino).

As escadarias são mundialmente conhecidas, pois já estiveram em clipes musicais de personalidades internacionais, como a banda irlandesa U2, o rapper Snoop Dog e o rei do pop Michael Jackson.

Endereço

Arcos da Lapa
Praça Cardeal Câmara, s/n, Lapa.

Escadaria Selarón
Rua Joaquim Silva, s/n, Centro.

Preços para o ano de 2016

Gratuito

Horário

Para mais informações

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: