A Alameda Central e o Palácio de Belas Artes

As andanças pelo Centro Histórico de Cidade do México não param! Visitar a icônica Alameda Central e observar o lindíssimo Palácio de Belas Artes fizeram parte do nosso roteiro!

1. COMO CHEGAR:

-Metrô: Estações Hidalgo (Linhas 2 e 3) ou Bellas Artes (Linha 2).

2. ALAMEDA CENTRAL:

A Alameda Central é uma grande parque público com 13,2 hectares. Com mais de 400 anos de história, é o mais antigo parque público da América Latina! Foi construído no Séc. XVI (1.592) a mando do Vice-Rei Luis de Velasco.

alameda central

Alameda Central. Os jacarandás são lindos! (Foto: Tissiana Souza).

alameda central

Alameda Central e suas muitas árvores (Foto: Matheus Sabino).

O nome “Alameda” foi dado pela grande quantidade de álamos –um tipo de árvore que existia no local.

Uma caminhada pela Alameda Central é um convite à contemplação! O local tem muitas fontes, esculturas e monumentos, sendo considerada também um museu a céu aberto! Fomos para CDMX na transição do inverno para a primavera e os jacarandás da Alameda estavam cheios de flores de tons lilás, tornando o passeio ainda mais agradável!

alameda central

Escultura na Alameda Central (Foto: Tissiana Souza).

alameda central

Uma das muitas fontes da Alameda Central (Foto: Matheus Sabino).

O monumento mais conhecido da Alameda Central é o Hemiciclo a Benito Juárez, inspirado pelo estilo grego, com 10 colunas e feito em mármore Carrara. No centro do monumento, a estátua de Benito Juárez está acompanhada pela Pátria e pela Lei.

alameda central

Hemiciclo a Benito Juárez (Foto: Matheus Sabino).

3. PALÁCIO DE BELAS ARTES:

A cúpula colorida em tons de amarelo em laranja e os adornos da fachada nos dão uma certeza: estamos diante de uma das construções mais bonitas da Cidade do México!

O Palácio de Belas Artes foi construído a pedido do Presidente Porfirio Díaz, para comemorar o Centenário da Independência Mexicana. Iniciado em 1.904, foi concluído 30 anos depois! O arquiteto responsável pela obra foi o italiano Adamo Boari.

Entre 1.904 e 1.912, foi construída a parte exterior do edifício. Na época, foi utilizada uma técnica novíssima: cimento e aço! O esqueleto do palácio foi revestido com mármore. Na fachada, as esculturas foram todas elaboradas em mármore Carrara, representando as Belas Artes.

palácio de belas artes

Palácio de Belas Artes (Foto: Tissiana Souza).

Problemas com o tipo de solo local e a Revolução de 1.910 interromperam o término da construção. Os trabalhos recomeçaram somente em 1.928, com a supervisão do arquiteto mexicano Federico Mariscal.

O Palácio abriga o Museu do Palácio de Belas Artes e também é sede da Companhia Nacional de Dança, da Orquestra Sinfônica Nacional, da Companhia Nacional de Ópera, do Ballet Folclórico do México e da Orquestra de Câmara de Belas Artes.

Você pode conhecer o Palácio de Bellas Artes através de uma visita virtual aqui:

http://www.inba.gob.mx/sitios/recorridos-virtuales/palacio-de-bellas-artes/

***

Aproveite sua visita pela Alameda Central e pelo Palácio de Belas Artes para conhecer outros pontos interessantes nesta área: o Museu Mural Diego Rivera e o Mirador Torre Latino!

Endereço

Av. Juaréz, Esquina Eje Central, Centro Histórico, Código Postal: 06050, Ciudad de México, México

Quanto custa?

Alameda Central: Gratuito; Museo del Palácio de Bellas Artes: $65,00 pesos mexicanos.

Horário

Alameda Central: 24 horas por dia; Museo del Palácio de Bellas Artes: de terça-feira a domingo, das 10:00 às 18:00 horas.

Para mais informações

Museo del Palácio de Bellas Artes:
http://museopalaciodebellasartes.gob.mx/

 

Adicionar um comentário

%d blogueiros gostam disto: